Desporto e Saúde
Diário de Viagem
Clubes Amigos
Arfadores
Meteorologia
Passeios
Curiosidades
Contactos
Pub


 

Estatística da Maratona de Portalegre


Ano
 2003  
 2004  
 2005  

Classificação

  Dorsal:     

 Nome: NUNO JOS+ë PIMENTA OLIVEIRA GOMES
Dorsal
Tempo
Posição
Ano
228
05:58:45
84
2005
228
06:37:29
71
2004
228
07:28:09
114
2003

2005

A Maratona de Portalegre 2005 juntou o número recorde de 1785 atletas, no conjunto dos 40 e 100 km. Concluíram as duas provas 1450 atletas, tendo desistido 335.
Para um evento desta natureza e para um país com a dimensão de Portugal, são números que não deixam ninguém indiferente.
A Maratona deste ano teve um percurso batante equilibrado. As grandes dificuldades, como a subida ao alto de S. Mamede, apareceram até aos 2/3 da prova, o que deixou margem suficiente para as necessárias recuperações até ao final.
As desistências representaram 18,8% do total de inscritos, número que, aparentemente, poderá parecer elevado. Porém, se atendermos aos números de 2004, verifica-se que o número de atletas que concluíram a prova foi o dobro, 1450, apesar de o número de inscritos ter aumentado em 306 atletas, número inferior, portanto, ao aumento dos atletas que concluíram a maratona. Este pode ser um bom indicador da melhoria da condição física dos atletas que se propuseram a enfrentar o desafio de Portalegre.
Dado curioso, é verificar que já em 2004 o número de atletas que concluíram a prova ter sido, também, o dobro do ano anterior. Ano após ano, este número vem duplicando.

O vencedor concluíu a prova com o tempo de 4:49:27, menos 0:33:48. Retirar mais de meia-hora ao tempo do ano transacto é bastante significativo. De um modo geral, os tempos foram todos inferiores. O tempo médio de conclusão da prova foi também significativamente reduzido, passou de 8:14:24 em 2004, para 7:36:39 em 2005, quase 40 minutos menos que no ano anterior. Ora, ou isto é revelador da melhor preparação dos atletas, ou então o percurso deste ano permitiu maiores velocidades. Penso que não se pode falar em percurso mais fácil, na medida em que as grandes dificuldades dos anos transactos, os grandes desníveis, estiveram lá todos, com uma agravante: a subida, pela primeira vez, ao topo da Serra de S. Mamede!

Estat+¡stica Geral
Tempo M+¬dio
7:36:39
M+¡nimo
4:49:27
M+íximo
10:07:14
N-¦ participantes
1.785
N-¦ Finalistas
1450

Por forma a analisar a distribui+º+úo dos participantes dos 100 km em fun+º+úo do tempo de conclus+úo (TC) da prova foram criadas 11 classes de tempo:


5:00 < Classe 1 <= 5:30
5:30 < Classe 2 <= 6:00
6:00 < Classe 3 <= 6:30
6:30 < Classe 4 <= 7:00
7:00 < Classe 5 <= 7:30
7:30 < Classe 6 <= 8:00
8:00 < Classe 7 <= 8:30
8:30 < Classe 8 <= 9:00
9:00 < Classe 9 <= 9:30
10:00 < Classe 10 <= 10:30
10:30 < Classe 11 <= 11:00

O Histograma seguinte mostra a distribui+º+úo dos atletas pelas Classes, em função do tempo de conclusão.

Verifica-se que somente 24 atletas terminaram a prova com tempos inferiores a 5:30 horas. A classe que registou o maior número de atletas, 184, foi a classe 7, com tempos entre 8 horas e 8 horas e trinta minutos. De realçar que 890 atletas (76,9%) terminaram a prova com tempos até 8 horas e trinta minutos e somente 267 (23,1%) o fizeram com tempos superiores. Note-se que 8:30 é praticamente o tempo médio de conclusão da maratona de 2004! De notar, também, que 46,2% dos atletas (535) concluíram a prova com tempos até 7 horas e 30 minutos, menos 3 horas que o tempo máximo estipulado pela organização.

Estat+¡stica Geral
Classe 1
24
2,07%
Classe 2
63
5,45%
Classe 3
125
10,80%
Classe 4
149
12,88%
Classe 5
174
15,04%
Classe 6
171
14,78%
Classe 7
184
15,90%
Classe 8
145
12,53%
Classe 9
75
6,48%
Classe 10
46
3,98%
Classe 11
1
0,09%

Na classe 11, com tempos entre as 10 horas e 10 horas e trinta minutos, só foi registada a presença de um atleta. Dado que no último quarto de hora do tempo limite não foi registado qualquer tempo, admite-se que mais ninguém concluíu a prova depois dele, até porque é necessário considerar o avançado da hora, 21:30 h, já a noite caía em Portalegre. De realçar, mesmo assim, a tenacidade deste atleta que aguentou mais de 10 hora em cima da bicicleta. Não há dúvida que chegar ao fim em Portalegre é uma enorme vitória.

O gráfico seguinte mostra o comparativo dos atletas que concluíram a Maratona de Portalegre nos últimos três anos.

O descanso dos ARFADORES e mais algumas fotos :)















Imagem Central

 

MARATONA DE PORTALEGRE 2005
Posição
Nome
Tempo
Dorsal
38
ANTÓNIO MIGUEL PAIXÃO FACÃO
5:37:26
1282
68
GUSTAVO LEITE CAPãO
5:52:07
2346
84
NUNO JOSÉ PIMENTA OLIVEIRA GOMES
5:58:45
228
181
VASCO MORAIS PINHEIRO SOUSA
6:24:42
670
182
VALDEMAR ANTONIO BATISTA OLIVEIRA
6:24:51
233
200
VITOR MANUEL SILVA ARAUJO
6:28:03
234
203
JOÃO MANUEL CARVALHO SILVA MAIA
6:28:33
1347
219
JOÃO MANUEL FERREIRA RIBEIRO
6:30:44
227
265
JOÃO MANUEL BRANCO SANTOS
6:40:58
230
269
MARIO JOSE PIMENTEL FERNANDES
6:41:36
289
319
PEDRO MIGUEL BERNARDO SILVA COSTA
6:51:31
245
320
LUIS FILIPE BERNARDO SILVA COSTA
6:51:38
244
364
VASCO LUIS GONçALVES CARDIGOS
7:00:28
1566
-
PAULO JOSE CUNHA FRADINHO
Desviador partido
339